Know-How

Powermatic 80

Powermatic 80

Um relógio automático funciona com base na energia de quem o usa. São os movimentos dos pulsos que permitem o funcionamento do mecanismo. O Powermatic 80 proporciona 80 horas de reserva de marcha, suficientes para continuar a apresentar as horas de forma precisa mesmo após 3 dias sem usar o relógio. Um movimento inovador e de grande desempenho em relação à concorrência que normalmente oferece 1 dia e meio de reserva de marcha.
Swissmatic

Swissmatic

O movimento Swissmatic é uma verdadeira inovação no seio da indústria relojoeira. O segredo da Tissot para oferecer modelos a um preço atrativo reside na cadeia de produção automática em que são fabricados os diferentes componentes, em seguida montados por módulos resultando no movimento completo. O Swissmatic oferece uma reserva de marcha de 72 horas, suficiente para apresentar as horas de forma precisa mesmo depois de 3 dias sem usar o relógio.
Valjoux

Valjoux

O calibre ETA Valjoux é um movimento de cronógrafo de corda automática topo de gama e robusto que apresenta belos pormenores relojoeiros como os Côtes de Genève ou decoração em círculo. Criado nos anos 70, a sua fiabilidade e desempenho permitiram que viajasse através de várias épocas, tornando-se um dos movimentos mais incontornáveis no mundo relojoeiro.
Movimentos mecânicos

Movimentos mecânicos

Um movimento mecânico Tissot contém uma média de 100 peças delicadamente criadas. O balanço está no coração do movimento e assegura a sua precisão. Com os constantes movimentos para a frente e para trás, o balanço e a mola do balanço dividem o tempo em partes iguais, regulando assim com precisão o movimento do tempo. Os movimentos da mola do balanço, denominados oscilações, são o que fazem o "tic" do relógio. As oscilações totais do balanço equivalem a 385 000 rotações por dia.
Nivachron™

Nivachron™

Sendo que os campos magnéticos gerados pelos nossos objetos eletrónicos (telemóvel, computador, rádio, ímanes, etc.) estão cada vez mais presentes no nosso dia a dia, a Tissot, preocupada com a precisão dos seus relógios, desenvolveu uma nova liga de última geração à base de titânio. A espiral do balanço em Nivachron™ é considerada muito mais resistente e insensível aos campos magnéticos do que as espirais normais.
Silício

Silício

Com o advento de objetos eletrónicos, nos anos 30 a Tissot colocou os seus conhecimentos ao serviço dos clientes de forma a que os campos magnéticos gerados por estes não perturbem os movimentos dos relógios. No entanto, os campos magnéticos continuam a ocupar a mente dos relojoeiros. Com a chegada do silício como novo material para os componentes do coração do movimento, a Tissot pode oferecer melhor resistência a campos magnéticos criados pelos objetos do dia a dia como telemóveis, televisões, computadores, secadores de cabelo, rádios ou os ímanes das malas. Os relógios Tissot ficam ainda mais precisos do que antes.
Vidro de safira

Vidro de safira

Um vidro de safira confere a um relógio propriedades como resistência extrema a choques e boa legibilidade do mostrador e dos ponteiros devido à sua transparência. Sendo este o material mais resistente a seguir ao diamante, é utilizado na indústria de alta relojoaria nomeadamente pelas suas propriedades anti-risco. O vidro em safira pode assumir várias formas e conferir assim ao relógio diferentes designs como plano, curvo, convexo ou côncavo.
Diamantes

Diamantes

A Tissot tem o compromisso de garantir a proveniência e a sua qualidade, nomeadamente a cor, a pureza ou até o tamanho, dos diamantes presentes nos seus relógios. Na verdade, todos estão em conformidade com os requisitos de certificação do processo de Kimberley, um sistema internacional de certificação dos diamantes em bruto.
Ouro

Ouro

O outo é um dos metais mais preciosos e apreciados do mundo, reconhecido pelo seu brilho e pelas suas inúmeras qualidades técnicas: inoxidável, insolúvel e inalterável. A Tissot utiliza ouro de 18K, uma liga prestigiante composta por 75% de ouro puro combinado com uma mistura de prata e cobre. Graças à experiência e saber-fazer da Tissot, os relógios têm uma longevidade inegável perdurando geração após geração.
Madrepérola

Madrepérola

Criada no fundo do mar, a madrepérola tem inúmeras particularidades como os efeitos iridescentes e os tons opalescentes. Nunca igual, confere ao relógio uma personalidade única, nomeadamente em relógios de senhora, tanto em mostradores como noutros elementos.
Cerâmica 

Cerâmica 

Este material, reconhecido como sendo um dos mais duros, é utilizado há dezenas de anos pela Tissot. É ideal para componentes externos de um relógio sujeitos regularmente a choques e possíveis riscos. A cerâmica é composta, entre outros, por óxido de alumínio e de zircónio, o que permite que nunca oxide apesar do passar do tempo. Assim o relógio nunca perderá o seu brilho. Reconhecido pelas suas qualidades hipoalergénicas, é adequado para todos os pulsos.
SuperLuminova®

SuperLuminova®

Assegurar a visibilidade em todas as circunstâncias é importante para a Tissot.É por isso que alguns relógios têm um material chamado de Super-LumiNova®. Este material é aplicado nos elementos visíveis como os mostradores e ponteiros e funcionam como um miniacumulador de luz que brilha quando o relógio está na escuridão.
Resistência à água

Resistência à água

Todas as caixas dos relógios Tissot são sujeitas a inúmeros controlos como o da resistência à água. A Tissot testa a capacidade do relógio de resistir aos choques e à pressão mas também à penetração de líquidos, gases e poeiras, reproduzindo as condições reais em que o relógio poderá vir a encontrar-se.
Solar

Solar

A energia mais ecológica é utilizada pela Tissot para alimentar a emblemática coleção T-Touch: Expert Solar e Connect Solar. Graças a pequenos recetores solares colocados sob o mostrador do relógio, a luz do sol é armazenada num acumulador. Normalmente, a energia necessária para fazer funcionar o quartzo é proveniente de uma pilha mas aqui tem origem em luz natural ou artificial. Graças a esta tecnologia duradoura, a Tissot desenvolve relógios com autonomia para vários meses sem necessidade de qualquer recarga.
Tecnologia tátil

Tecnologia tátil

Há 20 anos que a Tissot apresentou o seu primeiro relógio tátil. Esta alta tecnologia melhora a ergonomia do relógio e torna a sua utilização única e intuitiva. Está disponível uma panóplia de funcionalidades como bússola, altímetro, meteorologia, alarme, cronógrafo e sem muitos botões nem submenus complexos.
COSC

COSC

A Tissot oferece relógios com certificação "COSC", ou seja, devidamente homologados como sendo cronómetros. Este certificado é emitido pela entidade de Controlo Oficial Suíço de Cronómetros que procede, durante 15 dias, a diferentes avaliações de grande exigência sobre os movimentos para testar a sua precisão, as capacidades antimagnetismo e a resistência ao choque.